Albrecht Dürer

Este auto-retrato de Dürer é um dos muitos auto-retratos do autor e reflecte o homem objectivo da Renascença. O homem das proporções, o homem da matemática, o homem da ciência, um homem completo. Um olhar neutro, pouco emotivo, mas compreensivo apresenta um homem de espírito profundamente humanista. Uma mão com um dedo apontando para ele, para o coração poderá inferir algo, a mim parece-me que salienta essa ideia de homem, do sujeito, do autor. “A nova arte deverá basear-se na ciência – em particular na matemática, como a mais exacta, lógica e impressionantemente construtiva das ciências”. Albrecht Dürer (1471 1528) pintor Alemão.

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s