Jim Hodges

“Em todos estes trabalhos tento ser simples e directo. Tento chegar a um ponto onde, ao transformar um material, se possa ver outra coisa: uma revelação do material para se poder ver o que existe ali. É uma actividade de descoberta.”

hodges

jim_hodges_and_still_this_2

jimhodgesohgreatterrain398123714_e2e876777c

Anúncios

David Carson

David Carson foi fazer uma conferência ao TED, a sua comunicação mostrou um homem bem humorado, apresentando os fundamentos do seu design. Houve muita controvérsia acerca do design de David Carson, no entanto ele mudou muito a forma de pensar o design gráfico, numa perspectiva menos funcionalista mas apresentando outras dimensões de um produto gráfico: o lúdico, o recreativo, a dinâmica, a metáfora.

José Mario Branco / Natália Correia

Dão-nos um lírio e um canivete
e uma alma para ir à escola
mais um letreiro que promete
raízes, hastes e corola

Dão-nos um mapa imaginário
que tem a forma de uma cidade
mais um relógio e um calendário
onde não vem a nossa idade

Dão-nos a honra de manequim
para dar corda à nossa ausência.
Dão-nos um prémio de ser assim
sem pecado e sem inocência

Dão-nos um barco e um chapéu
para tirarmos o retrato
Dão-nos bilhetes para o céu
levado à cena num teatro

Penteiam-nos os crâneos ermos
com as cabeleiras das avós
para jamais nos parecermos
connosco quando estamos sós

Dão-nos um bolo que é a história
da nossa historia sem enredo
e não nos soa na memória
outra palavra que o medo

Temos fantasmas tão educados
que adormecemos no seu ombro
somos vazios despovoados
de personagens de assombro

Dão-nos a capa do evangelho
e um pacote de tabaco
dão-nos um pente e um espelho
pra pentearmos um macaco

Dão-nos um cravo preso à cabeça
e uma cabeça presa à cintura
para que o corpo não pareça
a forma da alma que o procura

Dão-nos um esquife feito de ferro
com embutidos de diamante
para organizar já o enterro
do nosso corpo mais adiante

Dão-nos um nome e um jornal
um avião e um violino
mas não nos dão o animal
que espeta os cornos no destino

Dão-nos marujos de papelão
com carimbo no passaporte
por isso a nossa dimensão
não é a vida, nem é a morte

Paula Rego

man73
Tenho alguma dificuldade de falar da obra de Paula Rego, tenho até algum receio de falar , pois as minhas palavras podem retirar o estado de autenticidade da sua obra, a sua poética. É melhor não falar, ficam aqui as imagens que são enormes. Só algumas, não há espaço para tanto. Podemos até sufocar. Peço desculpa por esta minha incapacidade.
195462
artwork_images_424303357_209999_paula-rego
dwoman
paula-rego-ostriches-3
paula-rego-swallows
paula-rego_vanitas3_2006
paula_rego

Rosa Montero

rosa_montero02Estou a ler um livro de Rosa Montero, “Instruções para salvar o mundo” cada capitulo é surpreendente , excepcional, com frases que me deixam completamente emocionado e confirmam verdades intimas. Fica aqui um exemplo, foi o primeiro que encontrei numa re-leitura breve: ” Tudo o que aprendemos nas nossas vidas breves não é mais do que uma ninharia insubstancial arrancada à enormidade do que nunca saberemos.”