Vou também, com Manuel

Vou com Manuel pra Pasárgada
Porque aqui sou maltratado,
enxotado, enxovalhado, humilhado,
triturado, torturado, esvaziado,
agredido, sou maldito, infesto,
manifesto esta vontade de ir embora pra Pasárgada.
Fechar esta porta de duas faces,
uma que ri, outra que chora.
Por aqui me usaram,
maldisseram o que criei,
cuspiram nos meus filhos,
queimaram meus papeis,
rasgaram as minhas cortinas,
chamaram-me nomes que nunca tive,
disseram coisas que nunca farei,
tudo em silêncio sem eu ouvir.
Por isso vou com Manuel pra Pasárgada,
lá, não sou amigo do rei,
mas amigo de Manuel.
E também sou um pouco louco
como Joana Rainha de Espanha,
por isso tenho boas hipóteses de sobreviver,
talvez até possa ser convidado para um baile real,
passear entre pinhais, dormir perto do mar,
mergulhar no rio, andar a cavalo.
Ou talvez não.
Seja como for, aqui não fico!

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s