No Pântano

É muito difícil andar no lodo, escorrega… por vezes há baixios que nos enganam e caímos, podemos até morrer. É difícil andar no lodo. Logo que cheguei aquele pântano, fiquei com o corpo todo mergulhado na lama. Uma sensação desconfortável, desagradável, com o corpo todo enterrado na lama. Às roupas ficaram húmidas e sujas. Depois parece que ficamos mais pesados, incapazes de sairmos dali. Ficamos sem forças para nos erguermos, parece que alguém nos puxa para baixo. Quando estamos enterrados no pântano temos forçosamente de pedir ajuda. Eu gritei e ninguém me ouviu, estava um ramo de uma árvore por perto, essa foi a minha salvação. Agora já sei andar por aqui, aprendi a ler os sinais, conhecer os baixios, a conhecer os perigos. Mas estou desejoso de chegar a casa, a uma casa, a um lugar confortável, sem estes insectos que me sugam. O Pântano não é bom sitio para viajar. Está quase. Espero não encontrar mais nenhuma poça destas. Espero que o abrigo seja quente, pois as minhas roupas estão húmidas e há um cheiro pestilento no ar. Espero por isso…

Anúncios

2 thoughts on “No Pântano

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s