Hiroshima Meu Amor


Um livro de Marguerite Duras que serviu de argumento para um filme de Alain Resnais. Trata-se de uma história de amor que interage com uma história de ódio e destruição. Uma mulher, actriz que participa num filme sobre a bomba de Hiroshima, tem um caso amoroso com um Japonês. São várias as memórias que se vão revelando, a história do horror da bomba atómica, a história daquela mulher e de uma história de amor passada entre ela e um soldado nazi, numa cidade francesa que a leva à loucura e um desligar com o passado.

O que me encanta em Maguerite Duras é o erotismo liberto e uma procura pelo amor aberto. Uma libertinagem adorável. Na escrita existe um silêncio, um tempo próprio e uma redundância muito expressiva, mas ao mesmo tempo minimalista.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s