Área de Projecto

As Áreas de Projecto são sempre um penduricalho no currículo (nesse currículo cheio de remendos que temos hoje no ensino). Temos uma vez por semana, ritmo insuficiente para os alunos se envolverem a sério (quando estamos na semana seguinte eles nem se lembram do que fizeram na semana anterior). A chatear, está o facto de se inventar nas escolas umas temáticas muito interessantes (estou a ser irónico). Este ano, na minha escola, resolveu-se trabalhar o tema “2010 ano europeu de combate à pobreza”. Lindo! O que fazer com este tema? Tenho duas Áreas de Projecto. Diria “que dor de cabeça”, mas na verdade já não tenho dores de cabeça por causa disto, já são tantos os problemas na escola que este é só mais um. Verifiquei ao longo do ano que quase todos os meus colegas andam a mandar os alunos fazerem power points. Que bonito com as letras a voarem, de um lado para o outro, depois mais umas imagens, tiradas da net, com pessima resolução, esticadas, que bonito!

Eu e as minhas queridas colegas demos a volta à questão fazendo dois projectos que passo a descrever aqui:

Cozinhar sem esturricar:

“No âmbito da Área de Projecto, que tem como tema global da Escola 2010 – Ano Europeu do Combate à Pobreza e Exclusão Social, a turma do 5ºG escolheu como subtema “Gerir os recursos económicos na alimentação das famílias”. Esta ideia surgiu uma vez que, nos dias de hoje, as pessoas têm dificuldade em gerir o dinheiro na alimentação.

Este problema, que se enquadra no tema do combate à pobreza, apareceu depois de uma reflexão da turma sobre a forma de ajudar as famílias a alimentarem-se de uma maneira saudável, utilizando poucos recursos económicos. Escolhemos como título do projecto “Cozinhar sem esturricar”.

Para a execução deste projecto, precisámos de calcular as necessidades alimentares e os custos de todos os alimentos, inclusive os alimentos necessários à elaboração de pratos. Para darmos conhecimento do nosso projecto, criámos um blogue que se chama “Cozinhar sem esturricar” e tem a seguinte morada: http://cozinharsem.blogspot.com.”

Diana, André e Beatriz 5ºG

Respigar Imagens

“Significado de Respigar

Apanhar as espigas que os ceifadores não cortaram, ou que ficaram no campo depois da ceifa.

Apanhar áquem e álem; colligir; compilar: respigar notícias históricas.”

Novo Diccionário da Língua Portuguesa Candido de Figueiredo – 1913

Os alunos do 5ºL:

Passearam por Aveiro e procuraram imagens – Indícios de pobreza em Aveiro

Reflectiram sobre os lugares que visitaram

Fizeram textos procurando expressar o que sentiram

Pesquisaram textos que vinham ao encontro das suas vivencias pelos lugares

As Fotos são dos alunos e dos 2 professores (Tiago Carvalho e Isabel Ribeiro)





2 thoughts on “Área de Projecto

  1. Olá Tiago, Isabel e respectivos alunos!
    Que bela lição de pedagogia recebi neste post.
    Estou sem palavras para exprimir tudo aquilo que senti ao ler e observar o vosso trabalho.
    Sinceramente tenho orgulho em ser vosso colega e principalmente por ser amigo pessoal do Tiago.
    Admiro-vos e respeito imenso o vosso belo trabalho.
    Recebam aquele abraço amigo do Arnaut

  2. Obrigada, Arnault. Mas tenho aprendido imenso com o Tiago. Verdade, verdade seja dita. Por sua vez, o Tiago também teve sorte com as colegas. .. A abertura à novidade, à diferença, à descoberta da etapa seguinte (deixando-nos conduzir pelas necessidades que encontramos nos alunos que temos à nossa frente) e a total e radical rejeição pelo gasto “déjà-vu” , foi o suficiente para se ter constituído uma equipa de trabalho coesa, onde a conjugação dos saberes deu o resultado que está quase à vista…. Só assim se vai aguentando esta AP e o tema que, este ano nos, coube em sortes.
    Haverá alguma forma mais linda de terminar a carreira do que esta? Sair com a sensação de que nunca, mas nunca caí na rotina e que até ao último dia aprendi e ajudei a aprender.
    Um abraço também, Arnault desconhecido. Mas amigo do Tiago… é fixe!

    Um à parte que se impõe. Nos anos lectivos anteriores, trabalhei com a Teresa. Uma colega extraordinária, de uma criatividade imparável. “Enriquei” com este casal.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s