“Não existe verdades absolutas, só absoletas”


“A Grande Arte” é mais um dos policiais de Rubem Fonseca protagonizado pela personagem Mandrake, não o super-herói (do meu tempo), mas um advogado criminalista do Rio de Janeiro que se envolve nas mais incríveis e perigosas situações com crimes violentos, quase sempre se envolve com mulheres bonitas, algumas perigosas. Mandrake além de gostar de viver, gosta de literatura, de bons vinhos portugueses e de boa comida, claro é dele esta frase “Não existe verdades absolutas, só absoletas”. A HBO fez uma série que vale a pena ver em que estes livros estão muito bem adaptados para a televisão. A série vale pela boa interpretação dos autores brasileiros, pela fotografia, pelo genérico e pela banda sonora.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s