Os Guiliaks na Sacalina

Os Guiliaks na ilha Russa de Sacalina caracterizados no livro de Tchékhov “A Ilha de Sacalina” e evocados por Murakami no livro “1Q84” tem características apaixonantes:

1 – “…os guiliaks consideram o trabalho no solo como um grande pecado; qualquer pessoa que que cave a terra ou plante qualquer coisa morrerá cedo. Porém comem com grande prazer o pão, que conhecem por intermédio dos russos, e consideram-no um acepipe.”

2 – “Só mentem quando fazem negócio ou quando falam com pessoas suspeitas e, na sua opinião, perigosas, mas, antes de dizerem uma mentira, trocam olhares entre si, num gesto absolutamente infantil. Repugna-lhes toda a espécie de mentira e bazófia no decurso da vida quotidiana, mas não no âmbito dos negócios.”

3 – “Os guiliaks desempenham conscienciosamemente as tarefas que lhes confiam, e não há memória de um guiliak abandonar o correio a meio do caminho ou apropriar-se de bens de outra pessoa.”

4 – “São alegres, sensatos, bem dispostos e não sentem qualquer constrangimento na presença de ricos e poderosos. Não reconhecem nenhum tipo de autoridade e, segundo parece, nem sequer tem o conceito de superior e inferior”

5 – ” A dificuldade que têm para nos entender pode medir-se pelo simples facto de, até hoje, ainda não terem compreendido qual a finalidade das estradas. Mesmo nos sítios em que se construiu uma estrada, eles ainda viajam através da taiga. É frequente vê-los, com a família e os cães, a abrir caminho, em fila indiana, num pântano ao lado da estrada.”

Ilha de Sacalina

Livro de Tchékhov

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s